Luiz Felipe Pimenta Alves vence o The Best Jump

Luiz Felipe Pimenta Alves vence o The Best Jump, com

A edição de 50 anos do mais tradicional campeonato internacional de hipismo do Sul do Brasil, o CSI*2–W (The Best Jump), chega ao fim com a consagração de um novo campeão: Luiz Felipe Pimenta Alves.

Também vencedor do Prêmio Gerdau, principal prova da última sexta-feira (20) do concurso, o ganhador do Grande Prêmio Massey Ferguson Cidade de Porto Alegre, com obstáculos de 1,40m a 1,60m, completou o percurso total com 4 faltas, montando o cavalo GB Celine. O tempo do desempate foi de 57 segundos.

Como prêmio, além de um troféu especial assinado pelo artista Marcos Vaandrade e o valor de R$ 110 mil, Alves ainda ganhou habilitação técnica a uma vaga ao Mundial de Hipismo, que acontece nos Estados Unidos (2018), e também chance de qualificação à Copa do Mundo, na Suécia (2019).

Comemorando a vitória, o campeão da edição 50 do The Best Jump, disse que ganhar o concurso é a realização de um sonho, dada a importância da competição no mundo hípico nacional. O cavaleiro brasiliense já participou de outras edições do The Best Jump.

Brasil e Uruguai subiram ao pódio na prova de encerramento do concurso internacional disputado por 200 conjuntos   Fotos: Itamar Aguiar
Brasil e Uruguai subiram ao pódio na prova de encerramento do concurso internacional disputado por 200 conjuntos
Fotos: Itamar Aguiar

Junto com o campeão, subiu ao pódio, em segundo lugar, o uruguaio Rafael Rodriguez Isasa, com P’Compadre Wind Shear, que, também com 4 faltas, foi vice-campeão com o tempo de 59,45 segundos. Já Martin Rodriguez, representante do Uruguai na Copa do Mundo do Hipismo em 2017, ficou em terceiro, com 5 faltas no total e 64,29 segundos no percurso de desempate, montando Liborius.

Além dos vencedores, a prova foi disputada por 30 conjuntos na primeira fase e 12 no desempate. Entre os atletas participantes, o tetracampeão do The Best Jump, César Almeida; os bicampeões José Reynoso Fernandez Filho e André Américo de Miranda; a amazona gaúcha Karina Johannpeter; e o argentino Justo Albarracin.

O Grande Prêmio Cidade de Porto Alegre é a mais importante das provas do The Best Jump, que, em 2018, teve um gosto especial: os 50 anos do concurso. Recebendo mais de 5 mil conjuntos ao longo de toda a sua história, entre atletas e amazonas nacionais e internacionais, o CSI*2 –W é o campeonato mais tradicional do Sul do Brasil e um dos poucos concursos internacionais sediados no País.

Outras provas do dia

Três provas marcaram o último dia da competição internacional que começou com o Prêmio Vossa Estratégia e Comunicação, que premiou a paulista Camila Siqueira, com o cavalo PTL Bandoulin, na segunda fase. A amazona Ana Luiza Stancioli ficou em segundo, com Anita Metodo Imperio Egípcio; e a gaúcha Marta Bier Johannpeter, saltando com Srta. Aiana Joter, em terceiro.

Já a prova Savarauto aconteceu sob sol intenso, às 12h30min, e consagrou Renato Pacheco, com Noir, no desempate, como campeão. Em segundo ficou Daniel Queiroz, montando Zingaro TW; e, em terceiro, Antônio Augusto Pinent Tigre, com Fleur de Vauxelles.