José Reynoso Fernandez Fº larga na frente na 47ª São Paulo na Hípica Paulista

José com sua mãe Monica, Romeu Ferreira Leite, presidente da SHP, e Lacerda , por Wilson Spinardi Jr

A quinta-feira, 31/5, na 47ª Copa São Paulo esteve empolgante. Foi dia da final de para os cavalos novos e disputadas as primeiras provas a 1.40 e 1.30 metro. Candidato ao tetra no GP no domingo, 3/6, José Roberto Reynoso Fernandez Filho levou Diamaro, de 8 anos, à vitória a 1.40 metro. Dos 46 conjuntos das mais diversas partes do país, 17 foram ao desempate idealizado pelo course-designer internacional Helio Pessoa. Zé Roberto e Diamaro venceram em mais um percurso sem faltas, 33s20.

Vitor Alves Teixeira com Hilde Império Egípcio 2º a 1.40 metro, por Luis Ruas
Vitor Alves Teixeira com Hilde Império Egípcio 2º a 1.40 metro, por Luis Ruas

O 2º ficou com o medalhista pan-americano e dez vezes campeão brasileiro Vitor Teixeira com Hilde Império Egípcio, pista limpa, 33s98. Em 3º lugar chegou o top paulista José Luiz Guimarães de Carvalho apresentando Colman Cooper, sem faltas, 39s80.

No GP, Zé Reynoso, tricampeão do GP da Copa São Paulo 2014, 2015, 2016 e vice em 2017, vai saltar com Anneline e Crizwood JMen. “Hoje foi muito bom. Comprei o Diamaro há cerca de um ano nos EUA, ele saltou bem lá e também vem evoluindo bem aqui no Brasil. Sábado vou competir com ele no GP/Clássico. No GP do domingo as minhas montarias são Crizwood JMen e Anneline. Vencer sempre é um novo desafio. Sem dúvida, a Copa São Paulo é um torneio importante que tive a felicidade de ganhar por três anos e agora quero buscar o tetra”, destaca José Reynoso.

José com sua mãe Monica, Romeu Ferreira Leite, presidente da SHP, e Lacerda , por Wilson Spinardi Jr
José com sua mãe Monica, Romeu Ferreira Leite, presidente da SHP, e Lacerda , por Wilson Spinardi Jr

Na prova a 1.35 metro direto ao cronômetro, Luiz Guilherme Affonso Ciampi com Ermitage Império Egípcio bateu os demais 73 conjuntos, pista limpa, 58s36. Rodrigo Chaves Nunes com Fiona van Klapscheut foi 2º, 59s12, seguido pelo atual líder do ranking brasileiro senior top (rendimento máximo) Luiz Felipe Pimenta Alves com Culinan GMS, pista limpa, 61s91, por Brasília.

A qualificativa do GP nessa sexta, 1/6, o GP no domingo, 3/6, também são válidos pela 3ª de nove etapas do ranking brasileiro Senior Top. Após 2 de 9 etapas do Ranking Brasileiro Senior Top 2018 Luiz Felipe Pimenta Alves, campeão do GP The Best Jump 2018, é líder, 76,5 pontos, Stephan Barcha vem em 2º, 64,5 pontos e José Roberto Reynoso Fernandez Filho, 3º, 59,5 pontos.

Agenda esportiva – As principais provas são cinco. Na sexta-feira, 1/6, o ponto alto é a prova 1.45 metro a partir das 12h30 válida como qualificativa do GP. No sábado, 2/6, a sempre concorrida Copa Ouro, a 1.35 metro, começa às 9h00 e a partir das 13h30 tem o GP Clássico, a 1.45 metro. Já no domingo, 3/6, o GP, a 1.50 metro, encerra a competição com R$ 125 mil em jogo. A organização prorrogou a data de chegada no evento até sexta-feira, 1/6, de madrugada, dia em que os concorrentes das principais provas do final de semana também precisam saltar pelo menos uma prova qualificativa.

Atrações paralelas – Para as crianças têm brinquedos infláveis, oficinas de pintura e criação de brinquedos com material reciclável. Na quinta-feira, 31/5, Fabrizio Fasano também abre sua exposição de fotos a partir das 17 horas que segue até domingo, 3/6, entre 9h00 e 22h00. A partir das 18h00 tem música ao vivo no horse bar. No sábado, 2/6, à noite também haverá desfile a fantasia em pôneis além de prova show de salto a fantasia em duplas.

Programação e resultados completos – clique aqui

Serviço
47ª Copa São Paulo
Sociedade Hípica Paulista
Rua Quintana, 206
Entrada franca
Estacionamento: R$ 25