Fábio Sarti com Mel JC: no hall dos campeões do GP da Copa São Paulo

Comemoração no pódio do GP 47ª Copa São Paulo, fot Luis Ruas

Sagrou-se campeão o renomado cavaleiro da casa Fabio Sarti montando Mel JC, égua que fez sua estreia em um GP. Último conjunto em pista Fábio montando Mel JC com arrojo e categoria fez dois percursos sem faltas, em 53s77 no 2º, conquistando pela primeira vez o GP da Copa São Paulo.

Fechando o Concurso de Salto Nacional 47ª Copa São Paulo, mais antigo evento hípico da Sociedade Hípica Paulista, nesse domingo, 3/6, 25 conjuntos de sete estados brasileiros largaram no GP, a 1.55 metro, válido pela 3ª etapa do ranking brasileiro senior top (rendimento máximo).

Comemoração no pódio do GP 47ª Copa São Paulo, fot Luis Ruas
Comemoração no pódio do GP 47ª Copa São Paulo, fot Luis Ruas

Conforme a regra, os 12 melhores da primeira volta mostraram alto nível técnico – 10 conjuntos sem faltas e dois dos sete com quatro pontos (no melhor tempo) – habilitaram-se à 2ª e decisiva rodada com armação do course-designer internacional Hélio Pessoa. Cinco voltaram a zerar. O vice-campeonato ficou com o cavaleiro pan-americano do interior paulista Lourenço Vieira da Silva apresentando Salamandra Baloubina, em 54s40. Em 3º lugar chegou o top de Minas Gerais Felipe Lopes Morgan montando Horse a Porter Top Team Dartagnan JB Lavizzo, em 59s28.

Fabio Sarti com Mel JC no hall dos campeões do GP da Copa São Paulo, foto Luis Ruas
Fabio Sarti com Mel JC no hall dos campeões do GP da Copa São Paulo, foto Luis Ruas

“Já bati na trave duas vezes em 2º e 3º lugar. Foi uma conquista muito importante e também marcou a estreia da Mel, que tem 10 anos, em um GP tão importante. Ela saltou perfeitamente e vencer dentro de casa tem um gosto muito especial”, garantiu Fábio, 43, que monta Mel JC, de propriedade de Arnaldo dos Santos Diniz e da amazona top internacional Luciana Diniz, desde os seis anos. “Foi uma conquista de todos, dos proprietários,do fiel escudeiro e tratador Robinho, do Alexandre Morais que faz adestramento com ela e da equipe veterinária dra Santina & Associados.”

O GP distribuiu R$ 120 mil em premiação e foi válido pela 3ª de 9 de nove etapas do Ranking Brasileiro Senior Top 2018. O brasiliense Luiz Felipe Pimenta Alves, 8º no GP, se manteve na liderança. José Roberto Reynoso Fernandez Filho, tricampeão da Copa São Paulo, fechou em 9º lugar. A nova contagem oficial do ranking brasileiro senior top será divulgada no decorrer da semana.

Victoria Mendonça, 19, venceu o GP/Clássico

Na segunda disputa mais importante da Copa São Paulo, o GP/Clássico, a 1,45 metro, no sábado 2/6, a jovem amazona Victoria Junqueira Ribeiro de Mendonça, 19, montando Una Bella B bateu campeões brasileiros e medalhistas pan-americanos conquistando topo do pódio.Victoria, campeã brasileira young riders 2017 (categoria de rendimento máximo para jovens de 16 a 21 anos), montando Una Bella foi a última em pista e com muita categoria cruzou a linha de chegada em 30s66. Em 2º lugar chegou o cearense radicado em São Paulo Ivo Roza Filho com Caliandra Jmen, pista limpa, 31s59 e o cavaleiro da casa Luis Antonio Piva Filho, 23, montando Happy Lady garantiu a 3ª colocação, sem faltas, 31s91.

GP – 1.55 metro
Campeão Fabio Sarti / Mel JC – FPH – 0/0/53s77
Vice Lourenço Vieira da Silva / Salamandra Baloubina – FPH -0/0/54s40
3º Felipe Lopes Morgan / Horsea Porter Top Team Dartagnan JB Lavizzo – FHMG – 59s28
4º Tiago Mesquita / Dorlana – FEERJ – 0/0/59s28
5º Mariana Cassettari / Cehip X Tra GMS – FCH –  0/0/63s12
6º Lucio Osório / Krishna R – FPH – 4/0/54s54

Resultado completo. 

Fonte:
Carola May
Rute Araujo
Charles Marzanasco

Banner Thaty Aulas
Banner Spur
Workshop Equestre
Banner Decathlon
Banner AryBotas
Onde hospedar (estabular) seu cavalo