No país do futebol atletas do hipismo dão seu palpite, times e seleção

José Roberto Reynoso também aposta no hexa

Se depender da torcida formada pelos principais cavaleiros brasileiros, que estão participando da 47ª Copa São Paulo de hipismo de salto na Sociedade Hípica Paulista, o Brasil já pode encomendar a faixa do Hexacampeonato Mundial de futebol para usar logo depois da final marcada para o dia 15 de julho no estádio Luzhniki, em Moscou, na Rússia.

De 100 cavaleiros que participaram de uma pesquisa durante o tradicional concurso hípico para ver o atual clima de confiança na seleção brasileira de Tite, 85 disseram que acreditam na conquista do título mundial. Ou seja, um percentual surpreendente positivo depois do “fiasco” diante da Alemanha no último mundial, realizado em nosso próprio pais.

“A pesquisa entre os cavaleiros comprova a credibilidade que o Tite conquistou no comando da seleção entre todos os torcedores brasileiros. Porém, por outro lado, ela aumenta consideravelmente a responsabilidade, não só dele, como também de todos os jogadores”, alerta o cavaleiro olímpico José Reynoso Fernandez, que é um dos favoritos para vencer o Grande Prêmio de amanhã da Copa São Paulo, a partir das 15 horas, na Sociedade Hípica Paulista.

Vencedor de três (2014, 2015 e 2016) dos últimos quatros GPs da Copa São Paulo, José Reynoso Fernandes diz que irá torcer muito pela conquista do Brasil na Rússia.

“Depois dessa crise, quase sem fim, que o Brasil vem enfrentando em toda a sua liderança política, com reflexo que atinge principalmente a maior parte da população de menor salário, a conquista do hexa pode trazer, pelo menos, um pouco de alegria para todos.”, finaliza o cavaleiro.

Já que o momento é de futebol no país, a Sociedade Hípica Paulista aproveitou para ver com os 100 cavaleiros entrevistados na Copa São Paulo o time com o maior número de torcedores entre eles. O São Paulo Futebol Clube foi o mais representativo, com 23 votos dos 47 representantes paulistas no concurso. Em segundo, ficou o Flamengo com 13 torcedores entre os 25 concorrentes cariocas e brasilienses, que costumam torcer por times do Rio. O Corinthians e o Palmeiras empataram em terceiro, com 12 torcedores cada.

Dos times do Rio ainda foram votados Botafogo, Fluminense e Vasco, com 4 torcedores cada um. Entre os times fora do eixo Rio-SP, o Grêmio foi destaque com 10 representantes contra apenas 1 do rival Internacional. De Minas, em números de torcedores, o Cruzeiro venceu por 7 a 3 o Atlético. Outros clubes representados foram o Coritiba (3), do Paraná, o Figueirense (2), de Santa Catarina, o Remo (1), do Pará e o Bahia (1).

 

Fonte: Charles Marzanasco Filho

Banner AryBotas
Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Banner Decathlon
Banner Spur
Workshop Equestre
Banner Thaty Aulas