Pedro Muylaert é 5º na etapa da Grã-Bretanha da Copa das Nações

Pedro Muylaert é 5º na etapa da Grã-Bretanha da Copa das Nações

No segundo dia de competições da etapa da Grã-Bretamha da Copa das Nações de Hipismo, Pedro Muylaert conseguiu terminar na quinta colocação, nesta sexta-feira (27).

Sem cometer penalidades, o cavaleiro conseguiu o melhor resultado do país na prova. Francisco Musa e Felipe Amaral também competiram.

Fonte: Olimpíada Todo Dia

Pedro Muylaert é 5º na etapa da Grã-Bretanha da Copa das Nações
Pedro Muylaert é 5º na etapa da Grã-Bretanha da Copa das Nações

Pedro Muylaert conseguiu terminar o percurso da prova contra relógio da etapa de Grã-Bretanha da Copa das Nações com o tempo de 68.01s, sem penalidades, menos de 1 segundo atrás do terceiro colocado da prova. O pódio foi composto pelo britânica Joseph Clayton, o irlandês Trevor Breen e por Holly Smith, também da Grã-Bretanha.

Francisco Musa realizou o percurso da prova com o tempo de 67.75s, uma marca melhor do que Pedro Muylaert, contudo o brasileiro acabou cometendo quatro penalidades, o que o deixou em 15º lugar na competição.

Felipe Amaral não teve uma boa prova. O brasileiro acabou terminando com o tempo de 98.79s, com 24 penalidades. Por isso, o cavaleiro do Brasil finalizou a etapa da Grã-Bretanha da Copa das Nações de Hpismo na 28º e último lugar.

Pouco tempo depois, os conjuntos brasileiros voltaram para a prova de salto a 1,60 metros com desempate. Dessa vez, quem levou a melhor foi Marlon Zanotelli. Montando o Sirene De La Motte, o brasileiro terminou na quinta colocação.

Marlon completou o percurso em 79.07 segundos, sem cometer nenhuma penalidade. Na prova desempate, o cavaleiro brasileiro não foi tão bem, cometeu quatro penalidades e completou a prova em 55.03 segundos.

O vencedor da prova foi o holandês Kevin Jochems, que não cometeu nenhuma penalidade e terminou o percurso em 80.06 segundos. Já no desempate, Kevin fez o trajeto em 50.35 segundos e sem nenhuma penalidade.

Francisco Musa foi o décimo quinto colocado. Luiz Felipe Filho veio logo atrás em 16º,  Pedro ficou no 19º lugar e Felipe Amaral foi o 26º.

Yuri Mansur na Alemanha

Pela Global Champions Tour de Berlim, o único representante brasileiro foi Yuri Mansur. Primeiramente, montando Opium du Soufflet, Mansur competiu na prova de duas fases a 1,45 metros. Mas o brasileiro não foi muito bem, foi eliminado na primeira fase e terminou no 44º lugar.

Já na segunda prova do dia, contra relógio a 1,5o metros, Mansur, montando Inferno, terminou em 19º lugar.