Você realmente sabe montar?

Você sabe montar...

Primeiro, desculpe pela indelicadeza da pergunta, mas acabamos de passar por mais uma experiencia de leigo que me faz fazê-la.

Minha filha, além de atleta e instrutora, trabalha atualmente para uma grande loja como consultora na área equestre, isso em razão da sua experiencia, aqui vou chama-la de consultora.

Recentemente, recebeu um pai na loja que foi comprar material para sua filha e dentre as orientações pedidas, uma delas foi que ele estava à procura de um cavalo para comprar.

Você sabe montar...
Você sabe montar…

Considerando a experiencia que a consultora já tem sobre o assunto, comprando e vendendo cavalos, ela fez a orientação básica, de visitar os locais, levar o “treinador da filha”, fazer com que ele montasse os cavalos e que a menina também, buscando formar um bom conjunto, afinal ela já toma aulas há 4 anos.

Bom, segundo esse pai que contatou a consultora novamente, isso depois de algumas visitas a comerciantes de cavalos, a filha não sabe “nada de equitação”.

Ao experimentar o primeiro cavalo, o vendedor lhe disse “sua filha não sabe montar direito, não sabe em que mão está o cavalo e muito menos ajustar a diagonal do trote”. Desconfiado, esse pai achou que a pessoa além do cavalo queria lhe vender aulas.

Foi para o segundo, que lhe disse o mesmo e não recomendou comprar o cavalo.

Não convencido, recebeu o mesmo diagnóstico do terceiro comerciante de cavalos.

Após esses diagnósticos, entrou em contato novamente com a consultora para contar o fato e a sua decepção e é claro, pedir um conselho já que a filha não quer trocar o local das aulas em razão das amigas.

Como um leigo esse relato termina aqui, mas reforça um texto anterior exatamente sobre o tema de aulas: Quanto custa aula de hipismo? Primeira pergunta de um leigo

É muito importante saber onde e com quem o investimento de aulas de equitação está sendo feito.

Também vi uma atitude positiva dos comerciantes, altamente ética, ao não empurrar um cavalo.

M.A.Vidal