Superfícies de pistas ‘tóxicas’ podem colocar em risco os cavaleiros e cavalos

Granulado de plástico reciclado para uso em pistas de hipismo

Interessante essa matéria sobre o uso de granulado plástico no piso de pistas, sendo considerado tóxico, a Agência Ambiental (EA) na Europa está desaconselhando os resíduos plásticos “tóxicos” que estão sendo usados ​​em superfícies equestres.

“O granulado plástico, derivado da reciclagem de cabos e resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (WEEE) e vendido como uma superfície alternativa para centros eqüestres, pode colocar cavalos e passageiros em risco, apresentar um risco de poluição e levar os proprietários a lei ”, disse uma declaração da EA.

Granulado de plástico reciclado para uso em pistas de hipismo
Granulado de plástico reciclado para uso em pistas de hipismo

” Este granulado está sendo vendido para ser usado como um substituto barato para grânulos de plástico limpo derivados como um subproduto da manufatura de plásticos ou grânulos especificamente produzidos para as manobras de cavalos.”

Certos materiais residuais, como borracha granulada e cavaco de madeira, podem ser usados ​​em quantidades de até 1.000 toneladas para manejo de cavalos sob um registro de isenção de resíduos U8. Mas tal isenção não está disponível para o plástico granulado a ser usado como superfícies equestres.

Fonte: Horse & Hound, clique aqui e veja a matéria completa…