Leilão beneficence arrecada mais de R$ 1,3 milhão para Santa Casa

Leilão Santa Casa - Crédito Nestor Tipa Júnior AgroEffective

Recursos obtidos na venda de cotas, coberturas e embriões da raça Crioula será para equipar UTI Neonatal de maternidade

 

Banner Decathlon
Mais uma vez a solidariedade foi destaque no meio crioulista que se uniu para ajudar uma importante causa. Um grande público acompanhou neste sábado, 24 de novembro, no Tattersal do Cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), o leilão beneficente “Grandes Cavalos Salvando Pequenas Vidas”, que arrecadou fundos para a maternidade Mário Totta, da Santa Casa de Porto Alegre. No total, foram arrecadados R$ 1,3 milhão na venda de cotas, coberturas e embriões de garanhões e fêmeas da raça Crioula, além de mais de R$ 55 mil em doações espontâneas de criadores e empresários ao longo do evento.

 

O evento teve no comando das vendas dois dos principais leiloeiros do país: Marcelo Silva, da Trajano Silva Remates, e Fábio Crespo, da Parceria Leilões. O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Francisco Fleck, agradeceu a todos os criadores que doaram as cotas, coberturas e embriões para compor a oferta do leilão. “Agradeço também a todas as entidades e empresas que apoiaram o leilão gratuitamente. Este é o nosso sentimento, de poder fazer parte de uma união por um projeto muito importante, que muitos dedicam sua vida”, ressaltou.

 

Leilão Santa Casa - Crédito Nestor Tipa Júnior AgroEffective
Leilão Santa Casa – Crédito Nestor Tipa Júnior AgroEffective

Entre os equipamentos necessários para a estruturação da UTI neonatal da maternidade estão berços aquecidos, incubadoras e respiradores. Emocionado, o diretor técnico da Santa Casa, Ricardo Kroeff, que também é criador de Cavalos Crioulos, agradeceu a família crioulista pelo apoio a causa. “Foi uma coisa maravilhosa. Isso vai salvar vidas, crianças, que no futuro vão nos dar exemplos de como ser cidadãos”, destacou.

 

O maior destaque das vendas, entretanto, ficou por conta de um punhal feito por Don Cassio Selaimen e utilizado nas filmagens de “O Tempo e o Vento”, arrematado por R$ 105 mil. A curiosidade é que o artefato, que após o término das gravações teria como destino a venda com renda revertida para a Santa Casa, ficou cinco anos desaparecido e recentemente foi recuperado. Entre as cotas, uma das maiores vendas da noite foi a comercialização de duas coberturas pelo valor de R$ 100 mil do garanhão AS Malke Sedutor-TE, R$ 50 mil cada, batendo o recorde anterior de valor por uma cobertura, que era do cavalo Equador de Santa Edwiges, por R$ 38,4 mil. As fotos estão em e-mail anterior.

 

Anualmente, a maternidade Mário Totta da Santa Casa de Misericórdia realiza 3,7 mil partos, além de 700 internações na UTI Neonatal. Além disso, mais de 70% dos pacientes são oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fotos: AgroEffective/Divulgação

Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Banner Thaty Aulas
Banner Spur
Banner AryBotas
Banner Decathlon
Workshop Equestre