José Carvalho vence qualificativa do GP e José Reynoso, 2º, fatura ranking brasileiro sênior top

Zé Luiz e Zé Roberto liderando o galope da vitória (Luis Ruas)

Tops do Brasil estão a postos na Hípica Paulista e a disputa nas pistas também vale como observatória para formação do Time Brasil no Pan 2019. Nesse sábado, 8/9, tem inauguração da pista José Roberto Reynoso Fernandez, Alfinete, (in memoriam), pai do campeão do ranking. A entrada é franca.

Zé Luiz e Zé Roberto liderando o galope da vitória (Luis Ruas)
Zé Luiz e Zé Roberto liderando o galope da vitória (Luis Ruas)

Nessa sexta-feira, 7/12, a vitória na qualificativa do GP do Concurso de Salto Nacional Top Riders, na Sociedade Hípica Paulista, ficou com o cavaleiro da casa José Luiz Guimarães de Carvalho com Lousiania JMen. A disputa é válida pela 9ª e última etapa do ranking brasileiro sênior top 2018 e José Roberto Reynoso Fernandez Filho com Azrael W, primo do vencedor, 2º colocado na qualificativa, já é o campeão antecipado do ranking brasileiro senior top 2018. O GP Final Top Riders, a 1.50/1.55 metro, acontece no domingo, 8/12, às 15h00.

Dos 29 conjuntos, 11 zeraram a primeira passagem e 9 nove efetivamente largaram no desempate. José Luiz montando Lousiania JMen, que está com o cavaleiro há apenas 3 meses, venceu sem faltas em 37s76. O cavaleiro olímpico Zé Roberto com Azrael W, consagrada dupla vencedora do Campeonato Brasileiro e do Ranking Brasileiro Senior Top 2018, 2º, zerou em 37s98. Na 3ª colocação aparece a medalhista pan-americana gaúcha Karina Harbich Johannpeter, recém chegada da Europa, que montando Challenger Jmen foi 3ª, sem faltas, 38s98.

José Reynoso campeão antecipado do ranking brasileiro senior top (Luis Ruas)
José Reynoso campeão antecipado do ranking brasileiro senior top (Luis Ruas)

“Hoje garantimos mais um bom resultado e é ótimo já ser campeão do ranking. Mas não vou medir esforços para vencer o GP no domingo e fechar temporada oficial com mais uma importante conquista”, destacou José Roberto.

Completaram o placar da 4ª à 6ª colocação o jovem talento goiano Alberto Bento Sinimbu com Quidam Forever, a catarinense Mariana Cassettari com Chehip X Tra GMS, que vem na 5ª colocação do ranking senior top e é a única mulher entre os Top 10, seguida pela cavaleiro da casa Fabio Sarti com Udanum Vila Fal, respectivamente, em 38s98, 42s33 e 46s60.

Banner Thaty Aulas
O ranking brasileiro senior top também vale como observatória para os Jogos Pan-americanos 2019 em Lima, no Peru, entre 26 de julho e 11 de agosto. José Reynoso e Stephan Barcha, campeão e vice antecipados do ranking brasileiro senior top 2018, integraram o Time Brasil medalha de prata na seletiva pan-americana na Argentina, em 22/11.

Nos próximos sete meses, até o Pan-americano, a maior preocupação dos cavaleiros brasileiros será a classificação para as Olimpíadas de Tóquio. Candidatos a uma vaga no Pan e a elite do hipismo em atividade no país estão a postos na Hípica Paulista, até domingo, 9/12.

Clássico José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete (in memoriam) é ponto alto nesse sábado

Nesse sábado, 8/12, às 13h30, o GP/Clássico José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete (in memoriam), ilustre sócio da SHP e pai do cavaleiro José Roberto Reynoso Filho e da amazona Manoela Reynoso Gomes, inaugura a nova pista de areia da Sociedade Hípica Paulista, que integra a pista de grama Gianni Franco Samaia. A disputa a 1.40 metro promete ser muito concorrida. “Para mim será uma honra saltar e estar presente nesse Clássico em homenagem ao meu pai e que inaugura a pista de areia e levará o nome dele”, garantiu Zé Reynoso.

Sobre José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete

O retrospecto de José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete, ilustre cavaleiro sócio da Sociedade Hípica Paulista, o coloca entre os maiores ícones da história do hipismo no país. Foi, aos 15 anos, em 1965, na Itália, que Alfinete conquistou seu primeiro vice-campeonato Mundial de Juniores na Itália. Dois anos depois, em 1967, foi campeão pan-americano por equipes em Winnipeg, no Canadá.

Em 1968, logo depois de ser campeão pan-americano, conquistou o primeiro lugar no Troféu Royal Rider de Toronto, mesmo ano em que venceu a Prova das Nações de Genebra. Em 1968 fechou os Jogos Olímpicos do México em 7º lugar. O cavaleiro – conhecido pelo estilo impecável único – também foi tetracampeão brasileiro sênior (1975/1976/1978 e 1981), hexacampeão do Torneio Pão de Açúcar na Sociedade Hípica Paulista (1975/1977/1978, 1980, 1982 e 1990), entre inúmeras outras conquistas. José Roberto Reynoso Fernandez faleceu aos 54 anos em janeiro de 2002.

Fonte: Carola May e Rute Araújo

Workshop Equestre
Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Banner Spur
Banner Decathlon
Banner AryBotas
Banner Thaty Aulas