Com vitória do carioca Rodrigo Lima no GP Clássico 84º Aniversário do CHSA fecha com sucesso

Com cerca de 2,3 participações em 42 provas o Concurso de Salto Nacional do 84º Aniversário do Clube Hípico de Santo Amaro, maior entidade do hipismo brasileiro, chegou ao final. No GP, 1.55m, do ranking brasileiro sênior top, vitória para Guilherme Foroni e no GP/Clássico, 1.45m, de Rodrigo Lima.

 

Nesse domingo, 8/9, o Concurso de Salto Nacional* do 84º Aniversário do Clube Hípico de Santo Amaro (SP) chegou à final fazendo jus à condição de maior clube do hipismo brasileiro. Em três pistas – duas de areia e uma de grama – foram disputadas 42 provas de Salto, incluindo o GP da 4ª Etapa do Ranking Brasileiro Sênior Top e 5ª Etapa do Longines Extreme Teams Challenge. O GP/Clássico Termo Gel, 1.40/1.45 metro foi a principal atração fechando a competição ao final da tarde do domingo. Sagrou-se campeão o top carioca Rodrigo Ullmann Lima, 51, apresentando Ferrari do Santo Antonio.

Rodrigo Lima com Ferrari do Santo Antonio, campeão do GP Clássico Termo Gerl (Luis Ruas)
Rodrigo Lima com Ferrari do Santo Antonio, campeão do GP Clássico Termo Gerl (Luis Ruas)

Participaram do GP/Clássico 61 conjuntos dos quais 12 – 5 sem faltas e 7 com uma falta – habilitaram-se à 2ª volta e somente dois garantiram duplo zero. Rodrigo e Ferrari do Santo Antonio, um sela holandês de 9 anos, em 40s84, e a amazona paranaense que defende São Paulo Luciana Camargo apresentando Chamboard JMen, um holsteiner de apenas 8 anos, vice-campeã, em 47s91. O cavaleiro olímpico Stephan Barcha montando Calida foi 3º com o melhor tempo da 2ª volta, 38s78, mas com uma falta.

“Comecei a montar o Ferrari, importado e que era de propriedade do Sítio Chuin, em fevereiro desse ano. O Chico Brandão, sempre grande incentivador do nosso esporte, comprou o Ferrari acreditando em suas qualidades fora do comum, para nossa equipe Sítio Santo Antonio. Esse é nosso primeiro concurso fora de casa e graças a Deus garantimos esse grande resultado. Fomos muito bem recebidos aqui em Santo Amaro e todos os percursos tiveram grande dificuldade técnica”, disse Rodrigo, que também estreou no GP do ranking sênior top, em 7/9, montando Dehli do Santo Antonio, de apenas 8 anos. “Fizemos uma boa primeira passagem no GP sem faltas e agora vou focar no próximo concurso no Indoor na Hípica Paulista daqui a três semanas.”

Ao final da premiação do GP/Clássico, a bateria do Mestre Rafa da Rosas de Ouro, com produção do Maestro Misiuk, encerrou as festividades do 84º Aniversário que contou com mais de 700 cavalos em pista e cerca de 2,3 participações nas 42 provas com R$ 330.000 em premiação.

Guilherme Foroni no topo do GP, a 1.55m, válido pelo ranking brasileiro sênior top

No Feriado da Pátria, 7/9, o GP Dieberger Fragances, a 1.55 metro, levantou a torcida e o jovem talento paulista Guilherme Foroni estreou com Cornet Silver JMen, de apenas 8 anos, com vitória. Dos 37 conjuntos, conforme a regra, 12 habilitaram-se à 2ª volta, dentre os quais nove sem faltas. Mas somente três fecharam os dois percursos idealizados pelo course-designer internacional Gabriel Malfatti sem derrubes. Antepenúltimo em pista, Guilherme e Cornet Silver JMen, garanhão filho de Cornet Obolensky em Calisco JMen, foram perfeitos: duplo zero em 41s99, marca que lhes garantiu a vitória no GP.

 

Ficha para venda de cavalo

 

“Eu monto o Cornet Silver, de propriedade do Haras Agromen, desde os quatro anos. Muitas vezes achei que o desenvolvimento dele era tardio, mas hoje em nosso primeiro GP juntos garantimos a vitória”, disse Guilherme, 26, que já “cavalgava na barriga da mãe” e é considerado especialista na formação de cavalos novos. “Agradeço ao Haras Agromen por confiar o Cornet a mim e ao meu pai Edgar que sempre acreditou nele. No dia a dia treinamos no Haras Catherine em São Roque, de propriedade da minha família, mas agora sou recém sócio do Clube Hípico de Santo Amaro e vou dividir a minha agenda para trabalhar aqui também. Nossa próxima competição é o GP Internacional do Indoor na Hípica Paulista e depois do Haras Agromen, criatório do Cornet e onde eu também gostaria de muito de vencer.”

Sagrou-se vice-campeão o cavaleiro amador da casa Mario Appel que apresentando Challenger Z, um sela holandês de 14 anos, fez duplo zero em 47s92. A 3ª colocação ficou com a amazona paranaense que defende São Paulo Luciana Camargo com Cayanna B Jmen II, animal de criação nacional do Haras Agromen de 10 anos, duplo zero, 49s49. Dos seis primeiros colocados, somente Challenger, do vice-campeão Mario Appel, não é de criação nacional. “Esse resultado aponta para evolução da criação nacional e o bom trabalho feito por nossos cavaleiros e amazonas na formação dos cavalos”, destacou Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo, que participou da cerimônia de premiação ao lado de Ricardo Pires, diretor da Dierberger Fragances, Francisco Mari, presidente do CHSA. O GP distribuiu R$ 80 mil de um total 330.000 mil em jogo nas 42 provas.

Ranking brasileiro sênior top

Com o resultado de hoje o carioca Marcello Ciavaglia lidera o ranking brasileiro sênior top com 112,5 pontos, seguido de perto pelo paulista José Roberto Reynoso Fernadez Fº, 112 pontos, o brasiliense Flávio Grillo, 96,5 e Guilherme Foroni vem em 4º, 95,5 pontos, por São Paulo. A 6ª das 9 etapas do ranking brasileiro sênior top 2019 acontece durante o Concurso de Salto Internacional Indoor, entre 24 e 29/9, na Sociedade Hípica Paulista.

GP Ranking Brasileiro Sênior Top Dieberger Fragances – 7/9

Campeão Guilherme Foroni / Cornet Silver JMen – FPH – 0/0/41s99
Vice Mario Appel / Challenger Z – FPH – 0/0/47s93
3° Luciana Camargo / Cayanna B JMen II – FPH – 0/0/49s45
4º José Luiz Guimarães de Carvalho / Lousiania JMen – FPH – 0/4/40s49
5º Rodrigo Chaves Nunes / Diamant SH – FPH – 4/0/44s30
6º André Nascimento Xavier / GR Garuda – FPH – 4/0/45s08

GP/Clássico Termo Gel – 8/9

Campeão Rodrigo Ullmann Lima / Ferrari do Santo – FEERJ – 0/0/40s48
Vice Luciana Camargo / Chamboard JMen – FPH – 0/0- 47s91
3º Stephan de Freitas Barcha / Calida – FHBR – 0/4 – 38s78
4º Guilherme Dutra Foroni / HSL Anubis – FPH – 0/4 – 39s57
5º Cesar Almeida / Nicoletta Z – FPH – 4/0/39s57
6º Lucas Teixeira Lima / Alpha Condor – FPH – 4/0/41s01

Resultado completo.

Entrevistas e vídeos em @cbhoficial

Fonte: Imprensa CBH

Tecnologia, segurança, prevenção a fraudes, sistemas, inovação, IoT, monitoração
Banner Thaty Aulas
Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Banner AryBotas
Banner Spur