Moscou CDI3 *, 3 combinações no Brasil ficam aquém das pontuações olímpicas mínimas

Os escores das três combinações brasileiras foram: João Victor Oliva / Aron de Massa 65,043%, Pedro Almeida / Aoleo 64,500% e Edneu Jose Senhorini / Xiripiti 64,043%.

Fonte: Dressage-News, clique aqui e veja a matéria original

Banner AryBotas
Nenhuma combinação de cavaleiro e cavalo do Brasil que reivindicou uma das duas vagas da equipe olímpica disponíveis nos Jogos Pan-Americanos ainda cumpriu o requisito mínimo de elegibilidade de duas pontuações de 66% em um Grand Prix CDI3 * ou superior e o mesmo resultado de um 5 * juiz no painel. As pontuações devem ser alcançadas até 31 de dezembro.

 

A África do Sul, que também está buscando o primeiro início de equipe olímpica, tem apenas um ponto a confirmar a colocação de uma equipe em Tóquio.

João Victor Oliva e Aron de Massa estão inscritos no CDI4 * em Salzburgo, Áustria, na próxima semana.

Os únicos outros CDIs antes do prazo final são: London Olympia World Cup, mas o Grand Prix é uma versão experimental curta que não conta, e Frankfurt CDI5 *, na semana anterior ao Natal, e Mechelen, Bélgica World Cup 26-30 de dezembro.

Áustria e França são as próximas na fila para times, se o Brasil e a África do Sul não completarem a qualificação.

Joao Victor Marcari Oliva e F-Aron de Massa
Joao Victor Marcari Oliva e F-Aron de Massa
Banner Spur
Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Banner Thaty Aulas
Banner AryBotas
Tecnologia, segurança, prevenção a fraudes, sistemas, inovação, IoT, monitoração